Sepse 1

Sepse e sua importância na clínica de cães e gatos

A Sepse necessita de parâmetros confiáveis, não há um parâmetro específico como marcador da Sepse. O estudo do hemograma a beira do leito, obedecendo metodologia específica, em particular, o estudo dos neutrófilos vem sendo útil nessa monitoração. Devido à rápida renovação dos neutrófilos, podem ocorrer alterações rápidas e marcantes na contagem celular, que podem ser verificados em hemogramas seriados obtidos …

CTI VeterinárioSepse e sua importância na clínica de cães e gatos
dsc04410

Diagnóstico de dermatopatia piogranulomatosa por Nocardia spp. numa cadela Labrador Retriever com hipotireoidismo, Rio de Janeiro, Brasil – Relato de caso*

Na rotina clínica de cães, as manifestações dermatológicas são rotineiras, casos dermatológicos apresentam grande prevalência em animais de companhia, sendo a razão mais comum para a procura do serviço médico veterinário. Dentre as causas, as dermatopatias bacterianas são as mais frequentes. Dentre estes organismos, os actinomicetos que compõem um grupo complexo de bactérias aeróbicas: Nocardia, Rhodococcus, e Corynebacterium são os …

CTI VeterinárioDiagnóstico de dermatopatia piogranulomatosa por Nocardia spp. numa cadela Labrador Retriever com hipotireoidismo, Rio de Janeiro, Brasil – Relato de caso*
cão-idoso

A idade como fator de riscos nas doenças dos cães.

Os cães estão integrados as famílias de forma íntima e bastante afetiva, isso exige uma atuação competente dos médicos veterinários, em busca da maior eficácia no diagnóstico, melhora nos recursos de exames complementares, terapias, técnicas cirúrgicas, dietas nutricionais. Associados ao número de tutores e responsáveis que desejam tratar de seus cães propiciando uma maior longevidade aos Pets, permitindo que cães tenham uma média de idade …

CTI VeterinárioA idade como fator de riscos nas doenças dos cães.